Plano de saúde não pode recusar tratamento com base em uso off label de medicamento

medical-appointment-doctor-healthcare-40568.jpeg

imagem da internet (ilustrativa)

A Terceira Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) decidiu que a operadora de plano de saúde não pode negar cobertura a tratamento prescrito por médico, sob o fundamento de que o medicamento a ser utilizado está fora das indicações descritas em bula registrada na Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Continuar lendo

Anúncios