Laudo similar só pode ser usado se comprovada a extinção da empresa em que trabalhou segurado

imagem da internet (ilustrativa)

Foto por Aman Jakhar em Pexels.com

O trabalhador que pretende se aposentar com contagem de tempo especial não pode se utilizar de laudo similar para comprovar especialidade se a empresa em que atuou permanece ativa. Esse foi o entendimento uniformizado pela Turma Regional de Uniformização (TRU) dos Juizados Especiais Federais (JEFs) da 4ª Região em sessão realizada dia 13 de dezembro.

Continuar lendo