Claro é condenada a ressarcir valores pagos por ponto extra de TV a cabo

man holding remote control

É indevida a cobrança do aluguel dos decodificadores do ponto adicional em serviço de televisão (imagem ilustrativa)

É indevida cobrança de aluguel dos decodificadores do ponto adicional em serviço de televisão. Assim decidiu a 20ª câmara de Direito Privado do TJ/SP ao confirmar sentença que declarou a inexigibilidade do débito mensal do consumidor e condenou a operadora de televisão a cabo a ressarcir os valores pagos pelo consumidor. Continuar lendo

Anúncios