Em caso de divórcio, não é possível alterar sobrenome de ex-cônjuge à revelia

closed up photo of man in black blazer facing tablet

“O direito ao nome, assim compreendido como o prenome e o patronímico, é um dos elementos estruturantes dos direitos da personalidade e da dignidade da pessoa humana.” imagem da internet (ilustrativa)

No caso de divórcio, não é possível impor, à revelia, a alteração do sobrenome de um dos ex-cônjuges, por se tratar de modificação substancial em um direito inerente à personalidade – especialmente quando o uso desse nome está consolidado pelo tempo. Continuar lendo

Anúncios